quarta-feira, 20 de janeiro de 2010




Examinando a Palavra

Para compreender qual é a vontade de Deus acerca de nossas doenças ou enfermidades, vejamos algumas das promessas de Deus concedidas a nós em Sua Palavra.

Aos filhos de Israel, rumo à Terra Prometida, Deus disse:
Eu sou o Senhor, que te sara
(Ex 15.26c).

Nesta declaração, Deus lhes deu um de Seus nomes redentores. Disse: "Eu sou Jeová-Rafah", isto é, "Eu sou o Senhor, o Grande Médico ou Aquele que cura”. Como é maravilhosa esta promessa universal acerca de toda espécie de aflição mental ou física!

Havia cerca de três milhões de filhos de Deus a quem Jeová deu esta promessa. Ela foi significativa para cada um deles, e cada um a aceitou como se prova em Salmos 105.37b:

...e entre as suas tribos não houve um só enfermo.

Lembrando-nos de Seus benefícios
Lembre-se de que a Palavra da Promessa é uma revelação direta da vontade de Deus para cada um de nós.

Observe o louvor do salmista:

Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga o Seu santo nome (...) e não te esqueças de nenhum de seus benefícios. É ele quem perdoa todas as tuas iniqüidades e sara todas as tuas enfermidades.
Salmo 103.1-3

Se Jesus Cristo perdoa todos os pecados dos homens Ele igualmente cura todas as doenças dos homens. Se Ele perdoa nossos pecados, cura também nossas enfermidades. Ele aborrece tanto a enfermidade como o pecado. Ele estava, está e estará tão pronto a curar todos os enfermos como a salvar todos os pecadores.
Os benefícios que Ele ia trazer ao mundo, diz Davi, eram salvação aos pecadores e cura aos enfermos.

Não te esqueças de nenhum de seus benefícios.

Muitos se têm esquecido dos benefícios dAquele que sara todas as suas enfermidades. Os benefícios de cura para todos os enfermos têm sido esquecidos pela pregação e pelo ensino tradicionais daqueles que nos trouxeram idéias e opiniões de homens, em vez da verdade que liberta os homens.

Toda promessa de Deus na Sua Palavra é uma revelação direta para nós daquilo que Ele anela fazer por nós. Suas promessas de curar todos revelam Sua vontade de curar todos. Se Deus não tivesse prometido curar todas as doenças, haveria casos em que não seria Sua vontade curar, mas Ele prometeu curar todas as nossas doenças; portanto, é Sua vontade curar a todos que lhe pedirem.

Creia em Sua Palavra. Aceite-a como Sua revelação para você. Aja de acordo com ela, e a cura será sua.

Curado por Suas pisaduras
Considere as palavras da profecia de Isaías quando, no capítulo 53, ele disse:

Verdadeiramente, ele tomou sobre si, as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; (...) ele [Jesus] foi, ferido pelas nossas transgressões (...) e pelas suas pisaduras, fomos sarados. Isaías 53.4,5

Não pode haver dúvidas quanto à veracidade da declaração do profeta Isaías, porque:

E, chegada a tarde, trouxeram-lhe [a Jesus] muitos endemoninhados, e ele, com a sua palavra, expulsou deles os espíritos e curou todos os que estavam enfermos, para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaías, que diz: Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e levou as nossas doenças.
Mateus 8.16,17


Se Cristo levou nossas enfermidades e dores (Is 53.4), e se tomou nossas enfermidades e nossas doenças (Mt 8.17), não precisamos carregá-las. Ele, nosso Substituto, tornou-as sobre Si em nosso lugar. Portanto, estamos libertos.

A Palavra de Deus demonstra Sua vontade para nós. Se Jesus quisesse que alguns de nós ficássemos enfermos, certamente não teria levado as nossas (suas e minhas) enfermidades e doenças por nós; porque desta maneira nos teria libertado daquilo mesmo que Deus queria que alguns de nós levássemos.

Porém, uma vez que Cristo pôde dizer: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade (Hb 10.9a), então quando levou nossas enfermidades e nossas doenças e sofreu as pisaduras pelas quais nós somos sarados, temos a vontade de Deus plenamente revelada quanto à cura de nossos corpos.

A fé caminha sobre a Palavra e os efeitos da cura perfeita são logo manifestados em nossos corpos.

Ordenados a curar
Jesus Cristo sempre estava pronto e disposto a curar os enfermos e a salvar os pecadores. Muitos pensam que quando nós, que pregamos o Evangelho da cura dos enfermos, falamos desnecessariamente, tratando apenas do que os críticos e incrédulos consideram uma questão superficial da Palavra de Deus.

Sempre me lembro de que Jesus passou mais tempo de Seu ministério de três anos e meio curando os enfermos e expulsando demônios do que realizando qualquer outro tipo de milagre. Há mais casos de cura de enfermos do que de perdão a pecadores.

Cada pessoa que Jesus enviou a pregar o Evangelho foi ordenada a fazer exatamente o que Ele havia feito enquanto esteve aqui na terra; a saber, curar os doentes, ressuscitar os mortos, expulsar demônios, limpar leprosos e de graça dar (Mt 10.1,7,8; Mc 3.14,15; 6.7-13; 16.15-18; Lc 9.1,6; 10.19; Jo 14.12-14, 15.7; 16.18; At 1.8).

O mesmo comissionamento feito por Jesus aos seus discípulos: Ide por todo o mundo pregai o evangelho a toda criatura , também feito por nós: E [os que crêem] imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão (Mc 16.15,18).

Assim como é bíblico pregar o batismo nas águas e a salvação pela fé no Senhor Jesus Cristo, é bíblico também impor as mãos sobre os enfermos para que sarem.

Acho estranho muitos dizerem que os dias das curas milagrosas já passaram, mas essas mesmas pessoas continuarem batizando em água aqueles que professam a fé no Senhor Jesus Cristo. Ambos estão designados na mesma comissão. Pergunto-me:

Quem lhes disse que os dias de impor as mãos sobre os enfermos já passaram e que, portanto, os enfermos não devem mais esperar sarar, pelo poder de Deus?

A Palavra de Deus diz: E imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.

Descobre-se nisso o fato de que é a vontade de Deus que os doentes sarem. Se não fosse, Ele não teria dito: sararão

Fé é crer que Deus fará o que você sabe que Ele disse em Sua Palavra que faria. Se você não sabe o que Ele disse acerca de curar os enfermos, não me admira que nunca tenha conseguido fé para sarar. Mas quando você lê a vontade de Deus [a Bíblia], então é fácil crer que Ele fará o que Ele disse que faria.

Já que Deus disse que curaria os enfermos (Ex 15.26; SI 103.3; 1 Pe 2.24), Ele quer curar os enfermos, Ele curará os enfermos Uma vez que Ele cura os enfermos, então Ele cura os enfermos agora. De fato, o que Ele quer fazer, prefere fazer agora e não mais tarde. Quer fazê-lo hoje, não amanhã.

Eis aqui agora o tempo aceitável, eis aqui agora o dia da salvação.
2 Coríntios 6.2b

Falsidade religiosa

Há muitos pregadores e mestres que ousaram "reescrever o testamento". E isso não é nada menos do que falsificação, uma vez que não se pode modificar um testamento depois da morte do testador.

Antes de partir deste mundo, Jesus nos deixou o testamento, a vontade de Seu Pai, quanto aos perdidos e enfermos, declarando:

Quem crer e for batizado será salvo, e [os que crêem] imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.

Alguns podem enganá-lo a respeito. dos benefícios do Calvário, interpretando mal o testamento, mas você pode ler o testamento por si mesmo. Se você está enfermo e necessitado, recuse as interpretações daqueles que lhe dizem que deve sofrer a glória de Deus.

Leia o testamento. Desfrute do que ele diz. Reclame para si os seus benefícios. Utilize-se de seus direitos declarados no testamento. Tudo no céu está pronto para fazer cumprir todos os seus direitos da aliança quando você se mostrar ousado para reclamá-los.

Satanás é um mentiroso e o pai da mentira, e se deleita em cegar os olhos dos homens e mulheres quanto aos direitos da aliança e seus benefícios adquiridos no Calvário. Jesus, porém, disse: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (Jo 8.32).

Creia em Suas promessas agora mesmo. Nenhuma oportunidade é mais propícia do que agora para Deus fazer por você o que prometeu.


Um comentário:

Pastoragente disse...

Graça e paz!
Vim conhecer seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
Já estou seguindo.
Venha dar a honra de sua visita no PASTORAGENTE.BLOGSPOT.COM e, se quiser seguí-lo, vai ser uma alegria para mim.
Lá eu exponho da forma mais realista e divertida possível as situações, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
Fique na paz e um 2010 abençoado para você e toda sua família.
Abração!!!